Astrosphera

Ancient astrological technics uncovered.

Os 12 Lagnas: definido os heróis e vilões do mapa

O livro Brihat Parasara Hora Sastra apresenta um capítulo intrigante para os ocidentais, no qual define quais planetas são auspiciosos e quais são inauspiciosos para cada Lagna (Ascendente).
Por que intrigante? Quando aprendemos astrologia ocidental, ninguém diz a nós que alguns planetas serão bons e outros maus a depender apenas do Signo Ascendente.
No Ocidente, saber se um planeta é bom ou ruim depende da análise do estado zodiacal e acidental (Casa) do planeta, e por isso não há uma resposta padronizada. Na Índia, é a mesma coisa, só que a técnica dos 12 Ascendentes, especificamente, se refere a um tipo específico de benefício ou malefício. Neste artigo, você entenderá como.
A explicação da técnica.
De acordo com Parasara, dentro dessa técnica, cada Ascendente possui planetas que são inauspiciosos e auspiciosos. Há regras para se definir isso, só que o próprio Parasara faz tantas exceções a elas que a melhor coisa é memorizarmos quais são os planetas ruins e os bons para cada Ascendente.
Se os planetas auspiciosos estiverem bem posicionados, o dono do mapa terá uma vida feliz e tranqüila, porque a expressão desses planetas não vem acompanhada de “efeitos colaterais”.
Se os planetas inauspiciosos estiverem bem posicionados, a pessoa pode até conseguir coisas boas a depender do planeta, mas elas virão acompanhadas de estresse, perdas, vazio, descontentamento, etc. – os ditos “efeitos colaterais”

Dito isso, chegamos ao ponto nevrálgico da questão: para que essa técnica funciona?
Esse conceito, o dos “12 Lagnas”, serve unicamente para ver a subjetividade do indivíduo frente aos eventos da sua vida, mas não determina o resultado de nenhum evento.

Eu vou citar os dois primeiros signos e explicar com exemplos:
Para o Ascendente Áries, Saturno, Mercúrio e Vênus são maléficos. Sol e Júpiter são os benéficos. Marte e Lua são neutros, e a qualidade das suas ações dependerá dos planetas com os quais eles se associam.

Para o Ascendente Touro, Sol, Saturno e Mercúrio são benéficos, Vênus, Lua, Júpiter maléficos, Marte é neutro e possui propriedades assassinas (isso não será abordado no artigo)(!?).

Vamos usar alguns maléficos para o Ascendente Áries e Touro como exemplos:
Todas as pessoas querem sucesso e renome, e essas coisas podem acontecer em QUALQUER ASCENDENTE. No meu caso, porém, do Ascendente Áries, o sucesso na carreira pode vir acompanhado de um grande descontentamento, porque no meu mapa Saturno é considerado maléfico (ou inauspicioso) e é o regente da Casa 10.
Para Áries, Saturno regendo a 10 é ruim porque a carreira por si só não traz felicidade e contentamento para a pessoa. Saturno é um Sudra, a casta preocupada com a gratificação corporal, e a carreira para Áries geralmente virá com o objetivo de se ter segurança financeira – em termos simples, ter dinheiro pra ter uma vida confortável e gratificar os sentidos. Todavia, com o passar do tempo isso passa a incomodar mais e mais a pessoa de Ascendente Áries. Ela começa a se indagar se poderia ser mais feliz fazendo uma coisa que ganhasse menos, mas que desse sentido e inspiração à sua vida.
Uma coisa comum com o Ascendente Touro é a sua relação com o corpo, principalmente as mulheres desse Ascendente. A maioria das mulheres querem e devem ser gostosas e atraentes mas, no caso da mulher de Ascendente Touro, essas coisas virão acompanhadas de muitos conflitos. Isso porque Vênus, a regente do Ascendente (que representa o corpo físico da pessoa) rege ao mesmo tempo a Casa 6 (Libra), uma casa que representa inimigos, atrasos e doenças.
Isso mesmo: para a mulher de Ascendente Touro, ser linda pode atrair inimigas ferrenhas – algo muito comum em mulheres, mas que esse Ascendente vai sentir com muito mais hostilidade. A inveja e hostilidade femininas ficam aqui intensificadas.
Ser bela, para uma taurina (Ascendente) pode também gerar doenças, ou no mínimo fazer com que ela entre num hospital para isso. As mulheres com Ascendente Touro se mobilizam mais do que as outras para tratamentos estéticos, dietéticos, emagrecimentos, cirurgias plásticas, etc. Vemos aqui o corpo (Casa 1) ligado ao contexto da solução de problemas e aprimoramento pessoal (Casa 6). Objetivamente, isso não seria ruim. Os maridos e namorados(as) agradecem…
Subjetivamente, porém, pode ser angustiante: Se Vênus estiver muito forte, o corpo pode ser tornar uma obsessão para Touro: com o passar do tempo, a força de Vênus pode fazer com que a mulher se torne mais e mais bela, porém mais e mais obcecada com beleza. Se outras indicações no mapa confirmarem, uma doença física ou mental pode se deflagrar. Não conseguirá fazer amizades com mulheres, porque atrairá mulheres invejosas e sabotadoras.

É por essas e outras que Parasara recomenda que os planetas inauspiciosos estejam fracos (por dignidade e posição). Com isso, a pessoa pode até não ganhar coisas boas, mas ela também não recebe os nefastos “efeitos colaterais”.

Uma Vênus mais fraca para o Ascendente Touro pode ser boa porque vai tirar o foco da pessoa no seu corpo e valorizar o que vai dar mais realização à vida dela, indicado pelos planetas auspiciosos Sol, Saturno e Mercúrio. É claro que, para tudo mais que Vênus representar, sua fraqueza será ruim. Não podemos ter tudo nessa vida…
Existe outra maneira de tornar a expressão de Vênus mais positiva e feliz para o Ascendente Touro, como veremos a seguir.
Os planetas neutros e a suavização dos maléficos.

Parasara cita casos específicos nos quais o planeta só fica maléfico ou benéfico a depender da sua associação com outros planetas. Seriam os planetas neutros. É o caso de Marte para o Ascendente Áries.
Ter o regente do Ascendente neutro (Marte) para Áries representa uma coisa até um pouco triste: se marte não se configurar nenhum planeta, ele por si só não é capaz de produzir nada de notável. Pessoas com Ascendente em Áries, portanto, podem ser muito inexpressivos, pois um marte sem influências faz a pessoa pular de atividade em atividade, sem que termine nada.
Além dos planetas neutros, essa regra se estende até mesmo aos ditos “maléficos” dentro dessa técnica: quando um planeta maléfico para determinado Ascendente estiver configurado com um benéfico para o mesmo, ele pode indicar que a área da vida outrora desnecessária para a felicidade da pessoa passou a ser importante.
Por exemplo, os benéficos para Áries são Sol e Júpiter, os regentes das Casas 5, 9 e 12. Essas casas dão pistas das áreas que Áries precisa desenvolver para ser feliz: inspiração e espiritualidade/estudos superiores, tudo isso envolvido em entrega profunda, renúncia. Todos os planetas que estiverem configurados com Sol e Júpiter trarão felicidade a pessoa – inclusive os maléficos – deixando de ser uma distração ao objetivo maior para Áries.
Vênus seria uma dessas distrações. Ela é significadora de parcerias e casamento para os arianos e é considerada maléfica para o Ascendente Áries. Ela indica que relacionamentos não são um tema vital para esse signo, podendo até mesmo distraí-lo do seu dharma e inspirações (Casas 9 e 5). Todavia, se os benéficos para Áries (Sol e Júpiter) estiverem conectados de alguma forma a Vênus, isso indica que o nativo de Ascendente áries encontra também no casamento esses atributos.
Chegamos à conclusão lógica que Sol em conjunção com Vênus é bom para o Ascendente Áries. Vênus, os relacionamentos, estariam dotados de inspiração, criatividade, filhos. Em termos de felicidade para o Áries, essa conjunção é excelente, embora seja péssima para todas as outras coisas que Vênus representa: lembre-se que um planeta em combustão pelo Sol é considerado um grave impedimento, e isso não muda.
Na Astrologia, quando duas teorias diferentes se chocam, a contradição é apenas aparente.

Exemplos de Julgamentos Errados (devido a uma compreensão errônea da técnica).
Esse tipo de técnica sempre foi muito mal interpretado pelos autores, que confundiam o tipo de efeito auspicioso ou inauspicioso que ela indica. Se mal interpretada, ela pode confundir o astrólogo. Vejamos como a confusão pode surgir no exemplo de Saturno regendo a Casa 10 em Áries.
Saturno como regente da 10 (grandes feitos, carreira) em bom estado pode indicar um período excelente para o Ascendente Áries em termos mundanos. Porém, se levarmos em conta a natureza de Saturno para Áries Legna, ele é maléfico.
Dentro dessa técnica, se o astrólogo considerar o termo ‘maléfico’ como algo que impeça o sucesso mundano, ele não julgará o período de Saturno como próspero para a carreira, e errará sua previsão.

Infelizmente, os textos indianos em Sânscrito usam a mesma palavra para diferentes contextos.

Duas coisas podem ser maléficas de modos diferentes.

A mordida de um cão pode ser maléfica, mas também fazer sexo a madrugada toda com sua namorada pode ser maléfico, se você tiver vestibular no dia seguinte e disso depender sua vida. São malefícios diferentes, e o segundo é mais, digamos, sutil…
Nesta técnica, a palavra ‘maléfico’ apenas significa aquilo que distrai a pessoa do caminho mais feliz que ela pode trilhar nessa vida. Essa distração pode ser agradável se o dito maléfico estiver bem posicionado – mas, fazendo jus ao nome, vem acompanhada de consequências desagradáveis.
Para o Ascendente Áries, Saturno é maléfico e rege as Casas 11 e 10: ambição (11) e carreira (10) não devem ser coisas perseguidas por Áries se ele quiser plenitude. O Ariano deveria se fiar na sua inspiração, espiritualidade, devoção e criatividade, representados pelos benéficos Sol e Júpiter, regentes das Casas 5, 9 e 12.
Vênus, Júpiter e Mercúrio sempre serão sentidos como coisas agradáveis à pessoa. Mesmo que se tornem maléficos por essa técnica, continuarão assim. O que pode mudar é que as coisas agradáveis que eles indicam desviam a pessoa do caminho que a deixaria mais feliz.
Conclusão
Portanto, a “lista de planetas auspiciosos e inauspiciosos para cada ascendente” não é uma técnica para prever resultados mundanos e objetivos, como sucesso financeiro, carreira, etc. Por outro lado, dá para se ter uma noção se o sucesso que a pessoa conseguiu será agradável a ela ou não, se virá acompanhado de vazio, etc.
Para pessoas que valorizam a materialidade, esta pode ser uma técnica fútil. Muitos se aproximam da astrologia com o propósito de prever épocas de sucesso mundano, independentemente do que o nativo sentir durante essas épocas.
Eu mesmo durante muito tempo refutei a subjetividade dentro da astrologia. Achava que o subjetivo era uma maneira dos professores de astrologia se esconderem das previsões objetivas e de ensinar o “ouro”, que é prever eventos. Embora ainda eu tenha apreço pela objetividade, estou mais “amolecido” para concordar que precisamos dizer aos clientes também como eles se sentirão nos períodos indicados pelos planetas.
Todavia, não se preocupem: nem todas as técnicas indianas serão assim subjetivas. Há muitas outras técnicas mais mundanas, que se preocupam mais com a amplitude das mudanças objetivas da vida de uma pessoa, por mais que ela esteja se sentindo miseravelmente vazia…

9 Comments»

  Guilherme Alves Pereira wrote @

Muito bem colocado Rodolfo, ótimo post.

  Guilherme Alves Pereira wrote @

Meu Lagna é Gêmeos e os maléficos são Marte e Júpiter. No meu caso Júpiter está exaltado, então suas áreas (7 e 10) não são tão estressantes pra mim. Mas as referentes a Marte, são extremamente… a rotina, o trabalho, a busca por ganhos financeiros (6 e 11)me desgastam demais. Tanto que eu muitas vezes renuncio a certos ganhos, preferindo me virar com menos só pra não ficar me estressando demais. Já os assuntos de Vênus, 5 e 12, me são muito agradáveis. Agora compreendi bem essa técnica, obrigado prof. Rodorfo rs

  Rodolfo Veronese wrote @

Guilherme, o Ascendente Gêmeos tem como único benéfico o planeta Vênus. A casa 5 é inspiração, criatividade, mantras, e a 12 é devoção. Você tem que exercitar essas duas coisas para ser feliz. Por incrível que pareça, a palavra-chave para Gêmeos é DEVOÇÃO. E você encontrará essa devoção na casa onde Vênus está.

  Guilherme Alves Pereira wrote @

Pois é, percebi isso. E percebi outra coisa também, Vênus tem haver com relações e a 5 com prazeres. Lagna Gêmeos prefere o prazer descompromissado do que as relações estáveis, duradouras da casa 7, coisa qual Júpiter aponta como maléfico funcional.

  Marco Vidal wrote @

Rodolfo, muito bom artigo. É um conceito que eu particularmente me confundia bastante e uma dose de discernimento é mesmo sempre bem vinda.Tenho uma tabela de benéficos e maléficos funcionais que aparentemente não bate com a sua. Para o Lagna em Áries, por exemplo, Marte é considerado benéfico. Poderia referenciá-la?A conjunção ou aspecto que você menciona bastaria ser por signo ou precisaria obedecer às orbes?Interessante que todos os signos de fogo valorizam muito os significados das casas 5 e 9. Meu Lagna é Sagitário e me sinto muito realizado dando aulas, mas atuo com Ensino Técnico. Eu poderia definir isto como casa 9?

  Rodolfo Veronese wrote @

@GuilhermeBom, a casa 7 é uma casa kama, representa desejo e relacionamentos baseados em desejo sempre dão com os burros nágua porque o desejo é algo muito transitório. É por isso que todos os regentes da 7, para todos os Ascendentes, são neutros ou maléficos – maléficos no sentido que eu disse acima, de representar algo que tira a pessoa do seu caminho. O desejo é capaz de muitas ciladas para o homem virtuoso…O melhor relacionamento é aquele baseado na Casa 9, uma Casa de Dharma, a conduta correta, o certo e o errado dentro do casamento.@MarcoEstou seguindo Parasara que, para cada Ascendente, dá uma lista de benéficos e maléficos. Talvez isso varie a depender do tradutor e do autor, que pode discordar de Parasara e suprimir ou eleger um ou dois planetas diferentes em alguns Lagnas mais polêmicos, como Gêmeos, que só tem um benéfico.A tradução de Parasara que sigo é do Ernst Wilhelm. Ele não fez uma versão de BPHS, mas dá trechos do livro em cada um dos seus cursos. O curso no qual ele dá esse trecho traduzido por ele é o "Rasi Sutras", que está disponível no site http://www.vedic-astrology.net, na aba "Courses"

  Kristhianne wrote @

Finalmente!! Acho que encontrei a generosidade!!Adorei ter "achado" esse presente!!Obrigada, Rodolfo!

  Katharina wrote @

Oi Rodolfo.Para aqueles que não tem familiaridade com Parasara, vc poderia postar a lista de planetas auspiciosos e inauspiciosos para cada ascendente?Grata. Lindo post!

  Anônimo wrote @

para mim asd em gemeos sou quase da mesma opinião do guilherme , um terror estressante na casa 06 e venus na casa 04 em quadratura com mc e com a asd e em conjunção com plutão nossa q fardo (familiar ) eu sempre achei q venus tbm fosse um planeta relacionado a mãe em realidade minha relação com minha mãe é pessima ela tem plutão em quadratura com o sol e plutão está no asd dela . e minha venus em virgem parece sempre distante dos recursos mais basicos para uma sobrevivencia .com jupiter mantenho simpatia mas venus é td d ruim para mim e conjunto com plutão , minha infancia foi péssima e sofrida sempre a merce de tiranos familiares . muitos escandalos embaixo do tapete e continuam embaixo do tapete msm depois de serem mostrados . plutão na casa 04 é praticamente Hades reencarnado . a sim com urano na 04 também . sem raizes inumeras mudanças de residencia rompimentos drasticos , traições , nossa um fardo pesadissimo !


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: