Astrosphera

Ancient astrological technics uncovered.

As Revoluções Solares segundo Abu Ma’shar – Parte 2: Ingressos.

Esse texto é a continuação do anterior que pode ser lido clicando-se aqui.

Na segunda parte do texto sobre as Revoluções Solares, vamos apresentar o método proposto por Abu Ma’shar para se entender os ingressos dos planetas. Estive pensando em como falar desse método explicando a teoria mas achei que seria muito complicado, então vou tentar mostrar a teoria com um prognóstico do meu mapa para esse ano.

Abaixo você verá dois mapas. À sua esquerda, o Mapa Natal no centro da Roda Dupla, à direita, a Revolução Solar.


Perceba que a Revolução isoladamente têm uma configuração nefasta: Marte e Saturno em oposição! Essa configuração é a mesma que representou o meu acidente, por virtude de Marte de 2007 estar em conjunção com Vênus natal e esta reger o ano. Esse ano, sofreria eu um outro evento tão nefasto quanto? Você verá que, a despeito da figura ser preocupante, ela é muito menos do que a que representou o ano de 2007.

Como posicionar esse aspecto na minha vida esse ano? O procedimento é simples se feito passo-a-passo. Em primeiro lugar, devemos notar em que signos do Mapa Natal caem Marte e Saturno da Revolução Solar. Eu tenho de fazer isso com todos os planetas mas, como falamos do aspecto de oposição entre ambos, vamos delinear somente Marte e Saturno. Vamos notar os ingressos que eles fazem.

O que são Ingressos? A cada ano, os planetas revolucionais ingressam em Signos natais e em Casas. Se esses Signos ou Casas estiverem ocupados no mapa natal, diz-se que houve um ingresso do planeta revolucional sobre o planeta natal. No ano de 2009, por Marte transitar em Peixes, ele ingressa sobre Mercúrio natal, que está no mesmo Signo.

Existem dois tipos de ingressos: os ingressos às Casas e os ingressos aos Signos. Ambos são lidados da mesma forma: combinando os significados do planeta Natal com o planeta Revolucional. Ao longo do artigo, aprenderemos como isso se faz.

Quando um planeta ingressa num Signo de um planeta Natal, temos a situação de um ingresso por Signo.


Como exemplo, veremos que Marte esse ano transita por Peixes no momento da Revolução Solar, portanto dizemos que Marte ingressa sobre o Signo de Mercúrio Natal.

Quando um planeta ingressa na Casa de um planeta Natal, temos a situação de um ingresso por Casa.

Como exemplo, Lua, Vênus e Sol da Revolução Solar estão na mesma Casa que Marte ocupava no mapa natal, que é a Casa 6. A diferença é que os signos da Lua, do Sol e de Vênus da Revolução diferem do signo Natal de Marte mas esse tipo de ingresso é tão válido quanto o ingresso por Signo!

A princípio, pode parecer que os dois tipos de ingressos são a mesma coisa, mas não!

Por exemplo, no meu mapa natal, Marte está em Libra na Casa 6. Se em qualquer ano Júpiter for encontrado na Casa 6 da Revolução, ele vai ingressar sobre Marte, independemente do signo que Júpiter ocupar. Júpiter pode estar em qualquer signo mas, estando na Casa 6 ou no sexto signo a partir do Ascendente da Revolução, produz um ingresso sobre Marte natal. Esse ingresso, contudo, é chamado de Ingresso por Casa porque a referência são as Casas, e não os signos.

Se desconsiderássemos o ingresso por Casa, Júpiter só ingressaria sobre Marte se ele entrasse em Libra (signo natal de Marte). Usando também os ingressos por Casas, qualquer planeta pode ingressar sobre qualquer Casa e planeta em qualquer ano, a depender das configurações anuais. Perceber ingressos por Casas é mais difícil do que ingressos por signos mas isso nada mais é do que ver as tais repetições propostas no estilo de interpretação de Morin de Villefranche. Olhe para a minha figura Revolucional para perceber os ingressos por signo e por Casa. A lista abaixo têm alguns Ingressos por Casa (e não por signo) para que você entenda:

  1. Lua, Vênus e Sol da Revolução estão na Casa VI da mesma. Como no Mapa Natal Marte está na Casa VI também, concluímos que os três planetas acima ingressam na mesma Casa Natal de Marte. Perceba que eu sequer olhei para os signos dos planetas.
  2. Saturno da Revolução está no mesma Casa que Vênus Natal: a 11. Concluímos que há um ingresso por Casa de Saturno sobre Vênus, mesmo Saturno não estando no signo natal da Casa 11.

O ingresso de um maléfico sobre um benéfico corrompe a ação do benéfico. Da mesma forma, o ingresso de um benéfico sobre um maléfico bonifica a ação do maléfico. Finalizando, temos os extremos de situações, com maléficos ingressando sobre maléficos ou benéficos ingressando sobre benéficos. Nem é preciso descrever os extremos… Na lista acima, o item 1 é muito bom porque benéficos ingressam sobre Marte. O mesmo não pode ser dito do item 2 pois Saturno ingressa sobre Vênus… Aff.

Depois de explicar os dois tipos de ingressos que existem, voltemos ao temido aspecto Marte oposição Saturno no meu mapa Revolucional para 2009. Uma maneira de perceber como ele vai se manifestar é vendo que tipo de ingresso Marte da Revolução Solar faz. Nota-se que Marte (um maléfico) ingressa sobre Mercúrio (benéfico com um quê de maleficência por estar em queda e na 12 natal). Mercúrio é benéfico e maléfico simultaneamente, então há de proporcionar efeitos mistos. Esses efeitos não devem ser misturados porque acontecem simultaneamente mas em áreas diferentes da vida. Ter Marte em conjunção com Mercúrio implica uma corrupção das coisas que Mercúrio representa esse ano. E aí é que o bicho pega, porque Mercúrio representa várias coisas simultaneamente! Se pudesse, porém, apostar o que Mercúrio representa esse ano, eu usaria a profecção e só faria isso porque Abu Ma’shar dá grande importância a essa técnica. Em outras palavras, eu perceberia pela profecção qual Casa vai para o signo de Mercúrio Natal esse ano. Essa Casa será regida por Mercúrio e será afetada pelo ingresso de Marte.

(Apesar de no momento só usar a profecção, eu não descartaria outras informações, como a posição de Mercúrio na Revolução Solar. No momento eu me baseio somente na profecção porque é a técnica com a qual eu me sinto mais seguro).

Indo para o estudo das minhas profecções para 2009, a Casa que entra no signo de mercúrio natal esse ano é a 9. Para o dono do mapa, essa Casa representa viagens, lei, filosofia, universidade. Temos a ação de mercúrio corrompida por Marte na casa profeccional das viagens! E o que é pior, hei de fazer uma viagem internacional esse ano. No final do ano realizarei uma prova de residência médica para psiquiatria e homeopatia também. Tudo isso é indicado pela Casa 9 e, com o ingresso de Marte nela sobre Mercúrio, as coisas ficam mais difíceis.

Mas marte tem um significado especial esse ano. Apesar de ser um maléfico, ele é o Regente da Revolução Solar! Podemos ver isso porque a Revolução conta com Ascendente Escorpião, cujo regente é Marte. (Júpiter natal está em escorpião e com isso ele tem algo também importante a dizer sobre o ano do nativo, mas vamos nos ater a Marte porque estamos entendendo como os ingressos funcionam).

Se Marte me representa esse ano, as coisas ficam melhores no estudo do ingresso de Marte sobre Mercúrio natal. Ao contrário, se Mercúrio fosse o planeta que me representasse, as coisas seriam muito piores. No caso, eu sou o maléfico! A Europa e a Universidade na qual entrarei tem de ter medo de mim, e não o contrário!

Isso que é importante nos ingressos: perceber qual planeta tem mais a ver com o assunto esse ano. Nós percebemos qual planeta tem relação com um assunto de duas formas:

  1. ou ele rege a Casa natal do assunto (ou está posicionado nela)
  2. ou ele rege a Casa anual do assunto – e isso é dado principalmente pela Profecção.

Dos dois itens acima, eu dou mais importância ao segundo. Morin de Villefranche dava mais importância ao primeiro porque ele achava algumas técnicas sem sentido, com a profecção inclusa nesse grupo. No trabalho de Morin sobre as Revoluções Solares, ele sequer as cita. Conhecendo o estilo de Morin, acredito que ele devia achar um absurdo uma técnica cíclica como as profecções representar a vida da pessoa. Afinal de contas, não acontecem os mesmos eventos de 12 em 12 anos. Morin está parcialmente correto porque a profecção deve sempre ser combinada à Revolução Solar e esta nunca será igual. Misturando os significados das duas, os anos que apresentam a mesma profecção sempre ficarão diferentes.

Continuando: se tanto Marte quanto Mercúrio não tivessem relação alguma comigo esse ano, eu tentaria observar as Casas da Profecção que seriam regidas por mercúrio ou marte e faria prognósticos baseados nelas. Evidentemente, esses prognósticos seriam diferentes para cada uma das Casas. As casas regidas por Mercúrio sofrem, enquanto as Casas de Marte se beneficiam. Esse ano, a Casa II cai num signo de mercúrio, então o ingresso de Marte sobre o mesmo é difícil para o meu dinheiro.

Para finalizar o estudo da interpretação dos ingressos de um planeta sobre outro, Abu Ma’shar dá mais uma dica preciosa: após verificar qual planeta possui maior afinidade com o nativo esse ano, devemos usar os signos que esse planeta rege como Ascendentes e saber em que Casas caem os signos do planeta que tem menor afinidade com o nativo. É menos complicado se feito passo-a-passo:

  1. Marte é o planeta que tem mais afinidade comigo esse ano porque ele rege o Ascendente da Revolução Solar. Ele rege Áries e Escorpião.
  2. Mercúrio, planeta sobre o qual Marte ingressa, tem menos afinidade comigo porque não rege nenhum ponto pessoal esse ano. Ele rege Gêmeos e Virgem.
  3. Vamos usar cada signo de Marte como Ascendente e ver em que Casas caem os signos de Mercúrio.
  4. Adotando Áries como Ascendente, Gêmeos é o terceiro signo a partir de Áries e Virgem o sexto. Chegamos à conclusão de que esse ano o nativo terá pequenas viagens, estudos, mas também trabalho pesado e doenças.
  5. Adotando Escorpião como Ascendente, Gêmeos é o oitavo signo e Virgem o décimo primeiro. Conclui-se então que esse ano o nativo também terá alguma angústia e fará novos amigos.

Essas informações devem ser balanceadas com outras do mapa natal e da profecção. A sessão de interpretação dos ingressos está encerrada e o post a seguir será muito mais interessante. Vamos procurar saber quando as coisas prometidas pelo ingresso acontecerão esse ano.

2 Comments»

  Gi wrote @

Rodolfo, pior doque está nada pode ficar naminha vida. E eu tenho nessa rs uma oposição dde Saturno em Virgem a Marte em Peixes. Saturno na 10 mas distante do ângulo e idem para Marte na 4. Sinceramente, Marte em Peixes passará por Marte em Peixes e Vênus ali.. Enfim, o benéfico atuando no maléfico?

  yuzuru wrote @

note que na verdade mercúrio naturalmente tende para o malefico (apesar de neutro, sua natureza tende para frio e seco) e no seu caso ele está em queda, na casa 12, regendo a 6, e em contato por antiscia com marte !Basta ver que bastou mercurio entrar na sub firdaria de marte e voce quebrou a perna


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: