Astrosphera

Ancient astrological technics uncovered.

O Rastreamento das casas e planetas ao longo dos anos.

Eu tenho queimado meus últimos neurônios astrais com essa técnica infeliz!

Vamos citar um exemplo com base na minha revolução de 2006. Estava com 24 anos e a profecção chegou a Áries, signo ascendente natal. O Sol se encontra ali, logo ele é regente do ano, possuindo autoridade sobre os assuntos da casa 5 (lazer e criatividade).

Somente dessa vez, nós não vamos analisar como está o sol na RS, embora isso seja muito comum. Os astrólogos medievalistas contemporâneos costumam analisar um planeta no mapa natal e ver como ele está na Revolução. Isso faz sentido porque o planeta nunca há de perder suas determinações natais. Os planetas no seu mapa representam pessoas, coisas, dimensões. Percebê-los ao longo dos anos na Revolução seria uma forma de rastreamento. O planeta seria como se fosse um fugitivo, o astrólogo um xerife, e as Revoluções solares seriam cidades que teriam o paradeiro do fugitivo. Em cada cidade, este assume um novo papel para sobreviver. Numa cidade ele pode ser um entregador de jornal; no outro um office-boy, mas ele sempre será o fugitivo, com uma história original que ele abandonou. Toda essa historinha serve para explicar que à medida em que se passam os anos, o planeta natal, significante específico de alguns assuntos natais, penetra em outros domínios ao cair em casas e signos diferentes, misturando seus significados originais de acordo com o ano em questão. Ou seja, Saturno no meu mapa será sempre parcerias, mas se na RS de 2006 ele está na casa 6 em mal estado (como aconteceu), então o nativo pode formar parcerias de trabalho ou então o relacionamento pode sofrer com a quantidade de trabalho assumida. Como disse, estamos fazendo um rastreamento do mesmo planeta ao longo dos anos, mas eu não entendia direito esse raciocínio no início do meu aprendizado. O que entendia com mais lógica será o meu relato a seguir, e também está certo de acordo com a minha experiência posterior.
A meu ver, quando comecei a estudar as revoluções solares sob o ponto de vista medieval, eu tinha de combinar o significado de uma mesma casa em duas técnicas diferentes: a casa projetada e aquela correspondente na revolução. Por exemplo, se o meu ascendente anual pela profecção cai em Áries, então eu analiso marte ou planetas que se encontrem nesse signo para dar o testemunho do ano sobre o status geral do nativo. ao mesmo tempo, eu analiso a casa 1 da Revolução, esteja ela qualquer signo. Daí vem a arte de combinar as duas interpretações, a coisa mais difícil para quem começa. Perceba que não existe aqui um rastreamento de um planeta planeta, mas sim da casa. Ela pode até mudar de regente, o que é muito comum, todavia a casa V sempre será casa V. É pela mudança de regente que saberemos quais assuntos anuais reservam para determinado setor (casa) do mapa e devem ser combinados a mesma casa no mapa natal.
Na minha revolução de 2006, o Ascendente cai em Aquário. Vênus da RS está em conjunção com ele e no mesmo grau de sua posição natal! A única diferença é que ela se encontra natalmente na casa 11, mas o signo é o mesmo e a orbe é muito estreita. Agora você entende o que eu falo quando cito o termo “repetição”? Quando uma coisa forte assim acontece, ignoramos esse planeta na Revolução Solar e o delineamos conforme no mapa natal. Minha Vênus em Aquário natal indica envolvimento financeiro e parcerias com amigos (regente da 2 e da 7 ao mesmo tempo na 11). Ofato de Vênus se encontrar no Ascendente da RS insere o nativo nestas questões anuais.
Então nós temos duas coisas para combinarmos:
  • Ascendente da Profecção com o Sol no mesmo signo, regente natal da 5 (criatividade e lazer);
  • Ascendente da RS, com Vênus a indicar parcerias financeiras entre amigos.
É claro que depois do fato tudo fica mais fácil… Neste caso, temos a casa da profecção dizendo qual era o foco do ano do nativo (criatividade), enquanto a casa da RS indicava as circunstâncias (arte entre amigos, envolvendo dinheiro)… Confesso que não sei se isso é uma regra. Talvez a Rs possa dizer às vezes a disposição do nativo, enquanto o mapa natal profetado às circunstâncias. O fato é que as combinações são viáveis. É muito comum a RS fazer perguntas e o mapa natal dar respostas. No caso acima, a RS perguntaria: “que tipo de parceria é essa que você faz entre amigos e que envolve dinheiro?” O mapa natal responde: uma parceria criativa, de lazer!
O nativo foi subitamente convocado pela sua banda a comparecer num estúdio em meados de julho de 2006 para a gravação de um CD. No início ele pensou que não pagaria nada, pois o baixista disse que o baterista assim o faria (olha só que enrolação…). Depois descobri que todos rachariam a despesa (como deve ser com qualquer banda…), iniciando-se o evento financeiro prometido entre amigos. Era preciso pagar as horas que permanecíamos no estúdio. Interessante notar que Vênus estava em Aquário, signo muito ligado a tecnologia e quebra de paradigmas. Nossas gravações sofriam intervenções constantes de um software de estúdios, culminando com a adição de efeitos especiais que não teríamos condições de fazer ao vivo. Posso assumir que em alguns momentos a máquina venceu. O nativo viveu um momento no qual teve a oportunidade de expressar sua criatividade, e finalmente gravou uma de suas letras há anos engavetadas.
Esta é uma maneira de se combinar as casas, igualmente aceita pelos autores. Não existe somente uma válida e é bom explorarmos a RS a exaustão para termos consciência dos faigerados padrões de repetição. Espero que tenha esclarecido ao leitor alguns pontos. qualquer dúvida, basta me contactar pelo e-mail ao lado. Nos próximos posts, aprenderemos a combinar a Revolução Solar com a Firdaria.

1 Comment»

  descolado wrote @

Rodolfo, nao sei se fiquei louco, mas outro dia tive a impressao de que tinha um outro artigo, fora esse do rastreamento, e depois nao achei mais.eu me confundi, ou voce apagou ?Yuzuru


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: