Astrosphera

Ancient astrological technics uncovered.

os significadores

Significador é um planeta que representa determinado assunto do mapa. A análise deste planeta nos permite identificar as áreas associadas àquele assunto, bem como o seu grau de impedimento ou favorecimento na sua expressão.

Para cada assunto de nossas vidas, existe um ou mais significadores. Eis aí o problema. A confusão do estudante reside na falta de diferenciação da qualidade de cada um. Para o mesmo assunto, um significador pode estar em mal estado, enquanto outro pode estar bom. Se o aluno entrar nesse estudo achando que apenas um deles deve prevalecer, cometerá um erro de julgamento. Se o regente do domicílio da casa dois estiver aflito na casa seis, doença pode gerar problemas financeiros. Mas se o regente da exaltação da dois estiver em bom estado na casa quatro, família e imóveis podem gerar dinheiro para o nativo. Ao final da análise de todos os regentes (domicílio, exaltação, triplicidade, termo e face), sintetizamos um julgamento daquela área da vida.

É importante ressaltar que não podemos julgar pela aflição das casas a questão quantitativa. A casa dez aflita pode trazer impedimentos a fama, mas não podemos concluir somente com esse dado que a pessoa não será famosa. Técnicas para avaliar o quão rica ou famosa será a pessoa não passam por essa análise de casas. Uma pessoa famosa pode ter a casa dez aflita, indicando que apenas ela sofrerá alguma difamação nalgum período de dua vida.

Almuten domus

O uso desse significador foi amplamente divulgado pelos árabes. Almuten ou Almutem é o planeta que mais tem dignidades num ponto qualquer do zodíaco. Por exemplo, se quiséssemos saber qual é o Almuten do ascendente a 19 de áries, basta enumerarmos todos os regentes desse ponto – domicílio, exaltação, triplicidade, termo e face. Cada regente possui um valor, que varia de 5 a 1:

  1. Domicílio: marte – 5 pontos
  2. Exaltação: Sol – 4 pontos
  3. Triplicidade: Sol – Júpiter – Saturno – 3 pontos
  4. Termo: mercúrio – 2 pontos
  5. Face: Sol – 1 ponto.

Ao contarmos quantos pontos cada planeta possui naquele grau, concluímos que o sol possui a maior pontuação, com 4 pontos de exaltação, três de triplicidade e 1 de face, no total, 8. O sol é o planeta que tem mais dignidades (ou honras) no Ascendente. Isso o torna um bom representante do Ascendente; aquele que sintetiza melhor seu julgamento.

Quando analisamos apenas um grau do zodíaco, o Almuten normalmente é o regente do domicílio ou da exaltação do signo. Isso gera uma confusão quanto ao seu papel: ele seria o mesmo que o dos principais regentes da casa? Decerto que não. Fosse assim, para que usar esse método de eleição? Há, contudo, Almutens envolvendo dois ou mais pontos do zodíaco, não tornando óbvio o planeta que representa aquela questão. É com basse nisso que concluímos o papel dessa técnica: o almuten representa a síntese de uma questão. O Almuten pode ser analisado como qualquer outro regente, mas é fundamental percebermos nele sua posição em relacção aos ângulos e o seu nível de impedimento, para termos uma síntese do quão impedido ou favoreceido está a questão estudada.

Como é na prática atual?

Os autores antigos estabeleciam uma ordem para se julgar uma casa, a começar pelos planetas que mais dignidades tinham na cúspide dessa. Uma vez enumerados os planetas em ordem decrescente de honras, procedia-se a avaliação do estado celeste (signos e aspectos) e terrestre (ângulos) de cada um, a fim de se eleger um ponto capaz de produzir os assuntos da casa. Esse planeta, o mais “saudável”, seria o significador do assunto em questão. Se todos os regentes sofrem algum tipo de aflição, então o assunto em questão carece de poder para realizar. Isso não é lido de modo invertido com casas maléficas: os regentes da casa 12 angulares falariam a favor de inimigos secretos poderosos, mas se o planeta estiver ali dignificado por signo, é provável uma vitória sobre adversidades oriundas desses mesmos inimigos.

A descrição acima parece simples, mas o autor confessa não encontrar terreno prático para elas ainda. Há muito que se aprender, e no momento creio na capacidade de um planeta de exercer múltiplos papéis ao mesmo tempo: ao mesmo tempo que a lua rege a casa quatro, ela é significadora financeira por ocupar a casa dois e se relaciona com a casa sete por aspecto a júpiter ali residido. Como cada corpo celeste exerce miríades de papéis simultaneamente, a solução é analisar um assunto por vez, enfocando os planetas que cumprem algum papel importante na questão.

A análise do assunto em questão deve ser baseada naquilo que desejo em determinada casa, pois um mesmo setor do mapa também abriga diversos assuntos. A casa seis pode representar os servos, mas também a técnica e as doenças do nativo. Será que todos esses assuntos se submetem aos mesmos regentes? A priori sim, mas as partes árabes para um tema específico delimitam a análise. Se busco na casa seis temas referentes a doença, usarei a parte da doença, e não a parte dos servos, pois possuem cálculos diferentes.

A análise árabe foi a técnica mais sofisticada que a Terra já presenciou. Não a domino, embora ache espantosamente minuciosa. Lentamente aprendemos.

1 Comment»

  Ricardo wrote @

Já me dei mal usando as lotes árabes, deve ser por falta de conhecimento.Usando pontuação assim já vi uma vênus em virgem ser a mais forte.Penso se não seria conseguir o seu objetivo, mas ser uma fonte de infortúnio.


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: