Astrosphera

Ancient astrological technics uncovered.

Entendendo o conceito de Almuten

Em se tratando de astrologia antiga, o grande aprendizado que o leitor deve ter é perceber que um assunto possui vários significadores.

Por exemplo, se pensamos em casamento, existe, cinco pontos que nos chamam atenção:

1 – A cúspide da casa 7;
2 – Planetas dentro da casa 7;
3 – Vênus de dia (ou a Lua a noite), para significar a mulher em mapas masculinos;
3 – Sol de dia (ou Saturno a noite), para significar o homem em mapas femininos;
4 – A parte do casamento. (distância entre vênus e saturno, projetada no asc);
5 – Seu regente.

O leitor pode parecer confuso com tantos indicadores para um mesmo assunto, porém existe uma abordadem quantitativa dos significadores que não deve ser menosprezada. Se todos ou grande parte dos indicadores estiverem aflitos, é sinal de que esta área da vida pode até não existir.

Todos os significadores de casamento estarão em um ou mais signos. Cada signo possui vários regentes, que significam o desfecho final da posição daquele planeta (veja o próximo tópico “a relação entre o ocupante do signo e seu regente”). Se pudéssemos eleger um planeta que mais aparecesse como regente dos significados de casamento, seria aquele que regesse o maior número de significadores maritais, pois seria muito provável que ele ditasse o futuro do assunto. Não falei anteriormente que o regente diz o modo como o planeta ocupante do signo evolui no futuro?

O planeta que mais possui dignidades sobre um determinado assunto chama-se Almuten, que significa, em árabe, “o vitorioso”.

Se o Almuten está debilitado, não esperamos um bom desfecho, o assunto em questão talvez não se sustente. Se o Almuten briga com outros regentes, é como se ele brigasse com outros assuntos do mapa. Assim, se o Almuten do casamento briga com o regente do ascendente, é sinal de conflitos maritais.

Você pode, por si só, fazer um Almuten de qualquer assunto, desde que saiba:

1 – A cúspide do assunto;
2 – O regente da cúspide do assunto;
3 – O significador natural do assunto;
4 – A parte árabe que possui relação com o assunto;
5 – O regente da parte árabe.

Certos autores tornam a questão mais complicada. Schoener computa Almutens com regentes da triplicidade da casa em questão, mas opto pela simplicidade de Abu Ali Al khayyat.

No comments yet»

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: