Astrosphera

Ancient astrological technics uncovered.

As minguadas oportunidades de inclusão digital do escritor do blog

Realmente, o título é uma denúncia de um garoto de classe média aos maus tratos a que a exclusão digital lhe relega! Um ultraje!

Brincadeiras e mimos à parte, escrever nesse blog é uma oportunidade de ouro. É muito difícil achar um computador vazio na faculdade, no qual você possa entrar sem a culpa de tirar a oportunidade de alguém que poderia estar precisando dele, para fazer um trabalho ou uma pesquisa de internet. Aí você descobre os privilégios de ser monitor. Isto porque, se você tem um departamento com dois computadores razoáveis, e geralmente vazios, pode se deliciar com a tentadora oportunidade sempre a um andar de distância de sua sala de aula…

Mas as coisas não são como parecem. Existem períodos em que o departamento lota, as reuniões de pesquisa preenchem as salas – e os computadores… Você, que criou um afeto e um costume de visitar a máquina regularmente, precisa controlar seu ciúme, e aceitar que as pessoas fazem coisas nele mais úteis que seu blog – ou seu emulador de super nintendo! Há de se lembrar da óbvia verdade: o computador não é seu.

Há inclusive brigas entre o monitor (eu) e um garoto que insiste em se declarar ajudante da disciplina (tendo só aparecido em uma aula…), sobre o direito de, mais que usar o computador, ter a chave do departamento, que lhe garante uma série de privilégios, dentre os quais a oportunidade de permanecer na repartição até as dez horas da noite! (quando não tenho prova – raras ocasiões – é a glória!). O garoto pode ter um pouco de razão porque a prova de monitoria foi acirrada entre nós, mas ele já possui uma monitoria – psicologia médica – e pode usar o departamento de psiquiatria. À merda!

Isso tudo aponta para a angústia da realidade, que nenhum analista ou terapeuta pode lhe ajudar a resolver: estude, passe num concurso, trabalhe e ganhe dinheiro pra comprar um computador!

2 Comments»

  Rodolfo wrote @

Essa foi a idéia que tive ao postar “bloqueios mostram que você não é escritor”.

  marina wrote @

É, meu caro.
É FODA!

Toda essa questão acerca do uso de computadores para emuladores e blogs é complexa e implica no estudo de uma série de circunstâncias. Você precisa entender.
Há coisas (mesmo parecendo inaceitável) mais importantes, ou urgentes, que jogos (coisinha de criança…), blogs e cia.
Por outro lado, o não-uso do computador para tais atividades implica numa confusão mental do não-usuário, que fica receoso de não tornar a ter oportunidade de se utilisar do micro.
Logo, mesmo temendo opiniões contrárias (talvez ameaças), sou obrigada a partir em defesa de sua pessoa.

Mas lembre-se! O menino do fungo não tem culpa de ter confusão mental. La colpa é sua!, que não deixa o coitado usar o computador (como eu disse, o não-uso provoca confusão mental no não-usuário).

E outra coisa. Evite atitudes inapropriadas em relação ao menino do fungo. Talvez ele tenha melhores intenções com o uso do computador que você!

– Não crie confusão;
– Não brigue com ele; e principalmente
– Não contrate ninjas

Um beijo X 10²³
Te amow mtow, maneh!
Ass: Cog… digo, Mo… digo, Marina

Ps: como eu (ou você?) vinha dizendo, “foda, cara”.


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: